Land & Investments

Commercial Pressure on Land

Investments in agricultural land may be essential for achieving food security and promoting economic growth, but what are the potential costs and benefits for local landholders and the environment?

Fotografia: Edições Novembro

Agricultura familiar defendida no Cunene (Angola)

Wednesday, March 29, 2017

A criação de lavras familiares e comunitárias, como mecanismo viável para o aumento rápido da produção e combate à pobreza nas famílias, foi defendida ontem na localidade de Oshimbangu, comuna do Evale, município do Cuanhama, pelo governador do Cunene.

 

Ao falar num encontro com a população daquela localidade, Kundi Paihama realçou que a agricultura familiar representa uma das vias sustentáveis para a diversificação da economia nacional, que não pode viver apenas de petróleo e diamantes.

Seminário de Inovação na Agricultura Familiar no Rio Grande do Sul (Brasil)

Wednesday, March 29, 2017

Começa hoje (28) e vai até o dia 30 de março o Seminário de Inovação na Agricultura Familiar no Brasil, uma ação inédita no país, organizada pelo Programa Cooperativo para el Desarrollo Tecnológico Agroalimentario y Agroindustrial del Cone Sur (Procisur), da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) e com a participação de várias unidades de pesquisa da Embrapa. 

Brasil lança campanha internacional pelo empoderamento das mulheres rurais

Monday, March 27, 2017

Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) lançou ontem (23) em Brasília a campanha internacional #MulheresRurais, mulheres com direitos. O objetivo é dar visibilidade a essas mulheres e ao trabalho que desempenham para o desenvolvimento socioeconômico e sustentável.

Incapable.jpg

Accaparement des terres: L’État incapable d’investir pour le développement de l’Agriculture

Date: 22 mars 2017

Source: Mali Actu

Par Aliou TOURE

L’accaparement est un mal plus profond qu’on ne le pense. Il est contestable, l’idée selon laquelle les États ouest-africains n’auraient pas les ressources propres pour investir dans l’agriculture, et qu’il faudrait tout miser sur le privé pour développer le secteur agricole. L’accaparement des terres n’est autre qu’un problème de société.

(Portal de Angola)

Gestão comercial de terrenos urbanos atribuida à uma empresa pública (Angola)

Friday, March 24, 2017

Decreto Presidencial delega poderes a Empresa Gestora de Terrenos Urbanos de administrar todos os espaços infra-estruturados cujas receitas geradas serão encaminhadas a um Fundo sob sua gestão.

A Empresa Gestora de Terrenos Infra-estruturados, Empresa Pública (EP), criada por Decreto Presidencial 58/15, de 5 de Março, passa doravante a assegurar a gestão comercial dos terrenos urbanos que integram as várias centralidades espalhadas pelo país e outras áreas de Luanda.

No campo, terceirização é álibi para o trabalho escravo (Brasil)

Autor: Alceu Castilho

Empresas e políticos acusados de explorar trabalhadores costumam invocar terceiros para justificar os flagrantes da fiscalização

Há um roteiro previsível nas notícias sobre políticos envolvidos em denúncias de trabalho escravo. Regra número 1: eles não sabiam de nada. Alegam responsabilidade das empresas “terceirizadas”. Regra número 2: ao contrário do que ocorre com outros proprietários de terra, eles logo têm seus nomes retirados da lista suja do trabalho escravo – ou nela nem são incluídos.