natural disasters

Reports & Research
December 2011

n recent decades, many cities and towns around the world have seen dramatic population growth, with significant inflows from rural areas. People forcibly displaced by armed conflict, violence or natural disasters have moved to urban areas in search of greater security, better access to basic services and greater economic opportunities.

Reports & Research
June 2012

In 2011, 14.9 million people were internally displaced throughout the world due to natural disasters, mostly related to weather events such as floods and storms. 89% of the displacement occurred in Asia.

Download the report

19 June 2017
Portugal

Famílias dizimadas, aldeias literalmente reduzidas a cinzas e pelo menos 62 pessoas mortas na sequência do mais grave incêndio florestal registado em Portugal.

14 June 2017
Brazil

Quando Wesley Alexandre, de 8 anos, chega à escola 419, na cidade de Samambaia (DF), a primeira missão é: olhar como estão as plantinhas na horta. O espaço faz parte do projeto “Expresso Horta”, iniciado em 2016, após a participação da escola em uma feira de ciências sobre alimentação para o mundo. 

Reports & Research
June 2015

IDMC's report explores the challenges in providing sustainable housing assistance to informal urban settlers displaced by disasters. It looks at nine case studies from Asia, America and Europe.

The report identifies the difficulties faced by urban informal settlers in receiving long-term housing assistance in post-disaster situations. Informal settlers are more exposed and vulnerable to displacement and are more likely to be relocated and excluded from the provision of durable housing assistance.

13 June 2017
Brazil

Dezenas de organizações do Brasil divulgam uma nota de repúdio ao posicionamento do Ministério das Relações Exteriores que qualificou como infundadas as preocupações expostas em comunicado conjunto emitido por três relatores especiais das Nações Unidas (ONU) e um relator da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH).

 

12 June 2017
Mozambique

A população afectada pela exploração do carvão mineral, pelas empresas mineradoras Vale Moçambique e JINDAL Mozambique Minerais Limitada (JINDAL), nos distritos de Moatize e Marara, ainda não beneficiou, na totalidade, das compensações a que tem direito. O Governo, não só simplesmente nada faz, como, também, pontapeia a lei sobre a matéria, por si criadas, o que o coloca numa situação de compadrio relativamente às companhias prevaricadoras, em prejuízo do povo.