informal settlements

Urban and rural areas: A changing relationship

Journal Articles & Books

The relationship between urban and rural areas has undergone great change in recent years. It is now often difficult to clearly define the borders between the two; instead we find a continuum ranging from agricultural zones to suburbs, informal settlements and urban centers. But do countries and development cooperation policies have the instruments needed to promote a dynamic and balanced development of urban and rural areas and open up opportunities for the people who live there?

Inscripciones abiertas para la Especialización en Gestión Integral del Hábitat

Friday, February 3, 2017

La Universidad Católica de Santa Fe a través de su Dirección de Posgrado y el Centro Experimental de la Vivienda Económica (CEVE), dependiente del CONICET y la Asociación de la Vivienda Económica (AVE), informan que hasta el 1 de marzo se encuentran abiertas las inscripciones para una nueva cohorte de la Especialización en Gestión integral del Hábitat.

MP da regularização fundiária um assalto ao território em diversas frentes

O que está sendo vendido como tentativa de desburocratização e aumento da eficiência na gestão do patrimônio público, na prática esconde a possibilidade de transferência desse patrimônio e de recursos naturais sem qualquer critério de interesse social ou coletivo

Leave no one behind: what is the role of community-led urban development?

Journal Articles & Books
May 2016

By 2050, two-thirds of people worldwide will live in urban areas. Many city dwellers in the global South live in informal settlements, without access to basic services. The global Sustainable Development Goals seek to redress this inequity with an overarching aim to ‘leave no one behind’. This paper examines what organised low-income community networks are already doing to ensure no one is ‘left behind’ in urban development.

A luta pela terra/territorio no Norte do Estado do Rio de Janeiro: a formação dos assentamentos rurais de reforma agrária

Reports & Research
January 2016

Na década de 1990 as principais motivações para a emergência de novos conflitos agrários na região, agora não somente pela luta pelos direitos trabalhistas violados pelos patrões, mas antes de tudo, pela reforma agrária, pela democratização e acesso a terra das antigas usinas falidas. A região passa a ocupar um lugar de destaque no enfrentamento da questão agrária no estado.

Dom Luciano Mendes: A luta pela reforma agrária em Salto da Divisa

Reports & Research
July 2016

O assentamento Dom Luciano Mendes (Minas Gerais) é resultado da luta de famílias sem-terra, organizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), que ocupam uma fazenda de 1.348,1819 hectares até então considerada terra devoluta, grilada por fazendeiros na cidade de Salto da Divisa. Ele alia a luta pela terra, organização popular, e, também, a dimensão da produção sustentável.

A luta pela terra/territorio no Norte do Estado do Rio de Janeiro: a formação dos assentamentos rurais de reforma agrária

Reports & Research
January 2016

Na década de 1990 as principais motivações para a emergência de novos conflitos agrários na região, agora não somente pela luta pelos direitos trabalhistas violados pelos patrões, mas antes de tudo, pela reforma agrária, pela democratização e acesso a terra das antigas usinas falidas. A região passa a ocupar um lugar de destaque no enfrentamento da questão agrária no estado.

OCUPAÇÃO DO ENGENHO PRADO: Do sonho à conquista de um pedaço de terra

Reports & Research
March 2016

Este estudo de caso trata da experiência da luta pela conquista da Terra, no município deTracunhaém, Zona da Mata Norte do estado de Pernambuco, em pleno Nordeste brasileiro.A ocupação de terra, e posteriormente a conquista, ocorreu em uma Região que predominao monocultivo da cana-de-açúcar. As famílias que ocuparam as terras foram expulsas de suas terras em tempos passados.

Proyecto de Asentamiento Emiliano Zapata

Reports & Research
May 2016

El Proyecto de Asentamiento Emiliano Zapata del MST nace de la lucha por la reforma agraria en la región. Es uno de los once asentamientos conquistados en la región, localizando a 25 familias en un área de 645 hectáreas. Es uno de los más representativos en la lucha por la tierra y la reforma agraria y la consolidación de una economía campesina, basada en la línea productiva de hortalizas…

Dandara: ocupação rururbana

Reports & Research
August 2016

No dia 09 de abril de 2009 a ocupação Dandara surgiu como uma ação coletiva das Brigadas Populares, do Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST) e do Fórum de Moradia do Barreiro, que organizaram junto a um grupo de 150 famílias uma proposta de ocupação rururbana, que articulasse as dimensões da moradia e da agricultura urbana e periurbana.