forestry policies

Foto: Mário Cruz/Lusa
22 March 2017

O Governo aprovou em Conselho de Ministros extraordinário, realizado no Palácio de Monserrate, em Sintra, no Dia Internacional da Floresta, um conjunto de medidas de reforma florestal para responder aos grandes desafios que se colocam em Portugal neste setor.

O caso das Áreas de Proteção Ambiental (APAs) da cidade de Bauru (SP) 

Autor: Lucas Matheron*

Journal Articles & Books
June 2011

Pour de nombreux pays, la mise en place d’une politique rationnelle de gestion des forêts est une tâche difficile. Une des raisons à cela est que différents secteurs stratégiques (politique énergétique, politique du commerce extérieur, par exemple) sont étroitement liés à la politique de gestion des forêts et qu’il faut tenir compte des intérêts d’une multitude d’acteurs.

30 July 2017 to 14 August 2017

Location

Belém - Pará- Brasil
Universidade Federal de Viçosa
Belém - Pará- Brasil
Brazil
BR

O Congresso Brasileiro de Ciência do Solo (CBCS), chega a sua 36ª edição, cuja realização será no coração da Amazônia, Belém do Pará, pela Universidade Federal Rural da Amazônia e instituições parceiras, no período de 30 de julho a 4 de agosto de 2017. Constitui-se no mais importante evento da área de solos no país, promovido pela Sociedade Brasileira de Ciência do Solo (SBCS), a qual em 2017 completará 70 anos, promovendo o desenvolvimento da Ciência do Solo no Brasil.

Fotografia: Rafael Tati|Edições Novembro-Cabinda
14 February 2017

Angola possui uma área global de 60 milhões de hectares de cobertura florestal contra os 53 milhões que possuía anteriormente, representando uma vasta cadeia de exploração da flora e fauna nacionais.

Os dados constam dos resultados preliminares da primeira fase do primeiro Inventário Florestal Nacional, pós independência, apresentado pelo Ministério da Agricultura, em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

3 February 2017

O período de discussão pública da Reforma da Floresta terminou no passado dia 31 de janeiro. De acordo com o Ministério da Agricultura, foram recebidas cerca de 600 participações por escrito, metade das quais “foram remetidas por produtores e operadores florestais, associações e organizações representativas do setor, confederações agrícolas e organizações ambientalistas” e outras tantas por “cidadãos, municípios e especialistas académicos”.

Institutional & promotional materials
January 2008

Acá incluímos el enlace para poder acceder a las siguientes tres partes restantes del documento ya que debido a su gran tamaño no pueden publicarse en la web: www.cifor.cgiar.org/Publications/Detail?pid=2640